Notícias

19 de dezembro de 2017 às 13:05h

SENAI capacita profissionais no curso de Confeitaria

A coordenadora do projeto Lucineide Rodrigues falou da importância da parceria com o SENAI.

O SENAI, através do Centro de Tecnologia de Alimentos- CTA realizou o encerramento do curso de Confeiteiro ministrado no projeto “Juventude Empreendedora”, da Escola de Culinária Pimenta do Reino, localizado no bairro Dirceu.

O projeto tem seis anos de existência, atende comunidades vizinhas com cursos de qualificação profissional na área de culinária e é uma iniciativa da Caritás Arquidiocesana de Teresina e financiada pela instituição suíça Brucke Le port. Sua principal meta é inserir profissionais no mercado de trabalho, em média 80% das pessoas que participam do projeto conseguem ficar empregadas.

A coordenadora do projeto Lucineide Rodrigues falou da importância da parceria com o SENAI. “Essa parceria é de fundamental importância, com ela conseguimos aumentar a nossa meta de atendimento em 60%, o que possibilitou também a reforma da nossa cozinha, pois com os cursos prestados pelo SENAI remanejamos os custos das oficinas para ampliar a nossa estrutura. Quero agradecer a presença da Graciele Araújo, que veio conhecer a nossa estrutura e hoje voltou aqui representando seu marido, o presidente da FIEPI Zé Filho, a quem eu trago o abraço do Dom Jacinto e o pedido de estender a parceria com o SENAI”.

Para a aluna Virginia Brito concludente do curso(foto acima), foi muito proveitoso e as técnicas que aprendeu. “Foi muito gratificante, eu como dona de casa fazer esse curso que veio em uma boa hora, no desemprego do meu marido e me fez despertar para a área de confeitaria”, afirmou.

O professor Antonio Nunes do SENAI capacitou 19 alunos no curso de Confeiteiro, e teve como conteúdo formativo: atitudes empreendedoras para o Mercado de Trabalho; Tecnologia da Confeitaria; Boas Práticas de Fabricação; Elaboração de decoração de bolos, tortas e salgados. E permite o profissional elaborar produto de confeitaria, por meio de preparo de massas, coberturas e recheios. Conhecer os princípios de armazenamento e acondicionamento de matéria prima e aditiva. E tem como competências básicas, aplicar nas atividades de confeiteiro, conhecimentos básicos de matemática, leitura e interpretação de normas e catálogos, demonstrando capacidade de planejamento e resolução de problemas.

Larissa Teixeira - Ascom FIEPI

Comentários