Notícias

18 de junho de 2018 às 11:52h

​SESI recebe treinamento em Metodologia de Avaliação em Saúde e Segurança na Indústria

O treinamento é ministrado pelos supervisores de promoção de saúde, Fernando Melo Filho, e Christiane Costa, além do supervisor de avaliação, Saulo André (SESI-PB).

Profissionais da área de Saúde e Segurança do Trabalho do Serviço Social da Indústria do Piauí (SESI-PI) participam, entre os dias 18 e 19 de junho, de 2018, de um treinamento destinado à aplicação de Metodologia ASSTI – “Avaliação da Saúde e Segurança em Trabalhadores da Indústria” voltado para as empresas da região.

O superintendente do SESI-PI e diretor regional do SENAI, Mardônio Neiva; o diretor de qualidade de vida, Marcos Siqueira também participaram da abertura da ação, que tem como executor, o Departamento Regional do SESI da Paraíba. O treinamento é ministrado pelos supervisores de promoção de saúde, Fernando Melo Filho, e Christiane Costa, além do supervisor de avaliação, Saulo André (SESI-PB).

Com uma vasta programação, o treinamento inclui desde a introdução e plano focalizado do Departamento Nacional, às etapas da avaliação, como planejamento, coleta de dados, análise de dados, elaboração de relatórios e aplicação dos resultados, e ainda atividades práticas.

Ainda faz parte da programação, o desenvolvimento de questionários do programa (software); publicações das coletas de dados; emissão de relatórios; digitação manual; codificação da empresa; definição de menus; configuração de tabletes; sincronização de dados; importação e exportação dos mesmos e informações sobre o servidor; encerrando com as discussões regionais.

Para o superintendente do SESI-PI, Mardônio Neiva, o novo momento da indústria exige das empresas soluções inovadoras adequadas às mudanças nas relações de trabalho e no modo de produzir, diante da utilização cada vez maior de tecnologias. “Com isso, essa ferramenta desenvolvida pela equipe técnica do SESI-PB, deverá agregar soluções a outras metodologias já existentes nos outros Departamentos Regionais e possam trazer novas soluções para a nossa indústria.”, ressaltou Mardônio Neiva.

Janio Holanda – ASCOM/FIEPI

Comentários